Origem do Balonismo

Os idealizadores do Festival de Balonismo de Torres foram Fernando Hennig, Bruno Schwartz e Edgar Denard, em uma conversa entre eles que nasceu o balonismo em Torres. Fernando, então dono da empresa de distribuição do O Boticário para o RS, veio visitar a loja franqueada do O Boticário em Torres. Na conversa entre Edgar Denardi e Fernando Hennig, este falou que era piloto de balão, por sinal o único piloto gaúcho naquele tempo. Na sequência desta conversa surgiu a ideia de trazer balões para Torres. Ali estava o início da história do balonismo em Torres. A ideia foi levada adiante por Edgar para outras pessoas aqui na cidade. Fernando, por outro lado falou com Bruno Schwartz da Air Show responsável pelos balões. Daí em diante muitas pessoas batalharam bastante para que pudéssemos chegar ao sucesso do Festival de Balonismo que é hoje. Com sotaque francês, o idealizador do Festival de Balonismo Bruno, é brasileiro. Nasceu no Rio de Janeiro, na época em que seu pai viera trabalhar na construção de Brasília. Seus pais voltaram com ele para a França quando tinha três anos de idade. O garoto cresceu alimentando o sonho de um dia conhecer o país onde havia nascido. Aos 27 anos decidiu conhecer sua verdadeira pátria e nunca mais voltou para a França, a não ser a passeio. -"Quando cheguei ao Rio de Janeiro levei um choque", diz Bruno. Encontrou um país alegre, aberto às novidades, e imaginou que o balonismo seria bem aceito por aqui. Importou o primeiro balão e transformou o que era um hobby em profissão. Descobriu que Torres era a única cidade à beira-mar no mundo em que o vento corre paralelo à praia e que o mar seria um cenário ideal para a realização de um Festival. - "Nos outros lugares os ventos correm perpendicularmente, vão do mar para o continente ou da terra para o oceano Assim o Festival de Balonismo em Torres se iniciou. Em 1989, durante os preparativos da II FEBANANA, festa anteriormente realizada no Município, os organizadores resolveram inovar e trazer alguns balões para a divulgação do evento. O interesse do público pelos balões foi tanto que, em outubro daquele ano, surge o 1º Festival Sulbrasileiro de Balonismo em Torres. A FEBANANA não mais se realizou no Município, enquanto que o Festival de Balonismo passou a ser realizado anualmente, tornando-se o principal e mais tradicional evento da cidade. (No primeiro festival, patrocinado pela Kodak, o Bruno trouxe o dirigível da Kodak. Como nessa data também aconteceria a Oktoberfest de Blumenau SC a Kodak queria que o Bruno e o dirigível fossem para lá, transferindo o festival para outra data) As modificações são tantas que a primeira foi no ano seguinte de seu início em 1990, os pilotos em conversas com os pescadores locais, investigaram qual seria o mês mais apropriado para a realizações de voos e é definido pelos organizadores então os meses de abril e maio, desde então estes meses vem sendo seguidos todos os anos, modificando somente os dias. No começo coincidia com a Páscoa mas daí a Comissão do Balonismo percebeu que era desperdício colocar duas datas fortes juntas e passaram o balonismo entre 21 de abril e 1° de Maio.