Como Tudo Começou

A primeira vez que vi um balão foi na televisão, no final dos anos 80, na abertura do programa “Balão Mágico”, fiquei encantado ao ver aquelas crianças voando naquele lindo balão azul. Depois o programa acabou e passou um tempo e perdi o contato com balões. Quando já adulto aos 31 anos descobri pelo um chamado comercial na tv que estaria acontecendo o 20° Festival Internacional de Balonismo de Torres RS, e eu morando em Tramandaí. Desde então aquela primeira paixão por ver os balões retornou. Foi meu primeiro Festival. Daí em diante consegui até transferência do meu trabalho para cidade de Torres, só para ficar mais perto do Festival do Balonismo. Foi muito mágico e espetacular estar no meio de todos aqueles balões, eu ia de bicicleta pela manhã bem cedinho e ficava na arquibancada na espectativa de ver os balões e as provas do Balonismo. Ai só cresceu o amor pelo evento, e eu queria saber mais da história do Festival, como começou, etc. Visitando a cidade de Torres, conversando com moradores e novos amigos, percebi que não existia quase nada da história do Festival. Algumas vezes saia reportagens do festival, quando ia se aproximando o evento, mas contando como tudo surgiu, não existia quase nada de registros. Surgiu então a idéia de fazer uma página no facebook do Festival de Balonismo, resgatando a história do evento. No anonimato fui pesquisando em vários lugares, jornais, internet, prefeitura, amigos que me passavam registros históricos do Balonismo, todos me apoiando a continuar a idéia. No dia 12/03/2013 , nascia a página no facebook do Memorial Balonismo Torres RS, que a cada ano vem crescendo com a colaboração de todos amigos apaixonados pelo Balonismo. Agradeço em especial aos amigo(a)s Carla Horn, Tommaso Mottironi, Fernando Hennig, Bruno Schwartz, e todos outros que não citei aqui, o apoio que ao longo destes anos me ajudaram e ajudam até hoje a continuar com este humilde trabalho de divulgar e manter viva a história do Festival Internacional de Balonismo. Muitos me perguntam:
- Você já voou de balão? Sim, uma vez apenas! Quando mandei um e-mail contando a minha história com o Festival de Balonismo para o Bruno Schwartz da Air Show, que gostou muito do meu trabalho e me presenteou com um voo de balão no 27° Festival de Balonismo, no ano de 2015, na companhia do piloto Aquilino Gimenes. Só quem já voou sabe como é maravilhoso e mágico o que sentimos, uma sensação de liberdade. Depois só na imaginação eu voei, hehehe. E viva nosso Festival de Balonismo, com toda seus encantos, surpresas, curiosidades, e alegria que a cada ano fica gravada na memória e nos nossos corações. OBS.: No ano de 2022, ganhei o segundo voo do piloto Graco!

Att.
Cristiano Moacir